quinta-feira, 22 de julho de 2010

Adornando o Blog

Inauguro agora a sessão "Colírio Nerd" do Desamélias. Aqui nós damos espaço a sensualidade obtida em sala de aula, ao bronzeado de escritório, ao formato dos óculos e ao currículo do rapaz. Evidentemente, não poderíamos começar com qualquer um, e o primeiro a sensualizar nessa página tão delícia é Theodor W. Adorno.



Essa delícia de maiô foi um gatíssimo filósofo-sociólogo-musicólogo-compositor-danadinho alemão do ano de 1903 ao de 1969 (sentiu o poderio né, 69 até na morte).
O nosso colírio sempre foi um arraso a parte, estudou tudo quanto era possível e foi muito ativo na famosa "Escola de Frankfurt", ao lado de outros gatos da época, como o Lukács, com quem, mais tarde, o nosso genioso colírio teve uma briguinha acadêmica.

Olha ele aí, todo surpreso com os flashes:

Os seus livros mais famosos são: Minima Moralia, Dialética do Esclarecimento (que escreveu com o delícia do Horkheimer), Dialética Negativa e Teoria Estética


Se a gatinha ai ta achando que esse não é o colírio com quem sempre sonhou, eu tenho uma bomba.
Sabe aqueles seus momentos de egocentrismo pleno em que você morre de vontade de tirar uma self-pic no espelho para colocar no orkut e ganhar pelo menos doze comentários? Então, o nosso theozinho já fazia isso muito antes do orkut nascer:


O gato sabia ser, né? Bom gosto, inteligente e sensual. Claro que não ficou solteiro. Já viu homem perfeito sozinho? Claro que não. Ele foi casado com a Vilma. Dizem por aí que ele andou pulando umas cercas, mas com uma sensualidade dessa, quem duvida? Ainda mais gozando em alemão...

Bom, esse é só o nosso primeiro colírio. Preparem seus coraçõezinhos para morrer de tesão com essa seção, sempre recheada de delícias.

Bom fim de férias. Deixo vocês com o gato molhado.

17 comentários:

Adriano disse...

É dos carecas que elas gostam mais!

Morto disse...

Ai Adorno! Benja-mim! (que trocadilho horrível!)

Tirésias disse...

Inteligência me dá arrepios (que não são mais de frio)

Franco disse...

hahahhahahahhahahah eu chorei de rir.

Franco disse...

opa, é a carol aqui, disfarçada de franco.

dani disse...

ele é tão simpático quanto eu tirando foteenhas em frente ao espelho...

Semputero disse...

Adorno não passa de um enfeite.

Rosa disse...

pronto, carol =)

Carolina Bataier disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tatiane Ricci disse...

Ahhhh! Perdi o fôlego agora!

Marcos disse...

Um homem a frente de seu tempo.

tatiane marchi disse...

Gentén, arrasou paris com esse maiô!

tatiane marchi disse...

Gentén, arrasou paris com esse maiô!

malvamauvais disse...

Adorei o blog! Uma ironia legal, essa coisa do sexy-nerd. :))

RÔ disse...

Carol por isso que te admiro, não sei de onde tira tanta criatividade.
Quanto ao garoto, a foto de maiô - arraso.
bjs

Ofélia disse...

Eu pensando que ia encontrar mais um texto falando da obra de Adorno e encontrei seu lado sex appeal. Amei!

alda disse...

Ouvindo músicas na praia!...usando maiô! Tirando self-pics no espelho!!!! O Adorno era uma cara que nasceu para ser sexy-moderninho. É o cara que vc pega na biblioteca atrás da estante de livros raros...
Suuuper pegava ele (se ele não estivesse já em companhia de Dumbledore).